Espresso de fogão

Eu gosto mesmo é de escrever, mas não da para ignorar a importância do design na escrita – da fonte à diagramação. O mesmo vale para o café. O importante é a bebida, seu sabor, aroma e temperatura. Mas o design, mais uma vez, contribui para a apreciação do vinho da Arábia: xícara, copo, desenho feito com a espuma do leite por habilidosos baristas e, é claro, a cafeteira. O que seria do café sem o design da máquina que faz com que a água extraia de maneira ideal o sabor e o aroma dos grãos moídos?

E eu posso não entender muito de design, mas estou para conhecer uma cafeteira que entregue um café tão bom, de forma tão fácil e com um visual tão elegante quanto a cafeteira italiana, a moka, a macchinetta.

Seu uso é se uma simplicidade de fazer qualquer coador se sentir exagerado.

Para fazer um espresso na boca do seu fogão basta colocar água fresca na câmera inferior, tomando apenas cuidado para não passar  da linha da válvula; colocar o pó, sem pressioná-lo no funil que se encaixa entre as câmeras; juntar as câmera superior rosqueando; e levar a cafeteira à chama baixa do fogão. Em pouco minutos, o cheiro e o som avisarão que seu café está pronto. Buon appetito!

Espresso ou Expresso?
As duas grafias estão corretas, mas em português existe somente e versão com x. Espresso é o original em italiano.

giphy (1)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.