Pequenos erros – Starbucks

Eu vou há algum tempo no Starbucks e já experimentei muita coisa do cardápio deles, café do dia, filtrado, prensado, espresso, moca, cappuccino, chá gelado com limão, chai, refresher, frapuccino e escambau. As bebidas são sempre boas, mesmo as que são doces demais para o meu paladar. Feitas na hora nunca deixam a desejar.

Da prateleira de coisas prontas, já comi brownie, red velvelt, bolo de cenoura, bagel e muffin de banana, chocolate, blueberry e queijo. Nada muito bom, mas nada ruim. De bom mesmo só cinnamon roll. Sempre ignorei as bebidas prontas logo ali do lado.

Até que hoje, na fila para pedir um chá que me aliviasse o Verão, olhei uma segunda vez para os copos expostos ali. Tinha um chá mate com limonada. Pronto. Feito no dia, segundo a embalagem, e um pouco mais barato que o chá preto gelado com limonada que eu pediria e demoraria alguns minutos para ficar pronto. Por que não experimentar? Dar uma chance àquele chá, ali ignorado, vivendo na sombra do café e das bebidas feitos na hora e cheios de firulas.

Peguei o chá, paguei, achei um sofá vazio, e bebi.

Tinha açúcar. Muito açúcar. Eu não tomo nem café com açúcar. E aquele chá tinha só gosto de doce. Não tinha limão, não tinha mate. Tinha doce.

Nunca mais! Chá do Starbucks, só feito na hora. Sem açúcar, por favor.

Esse Pequenos Erros tem tudo para ser uma série porque só erra quem se arrisca, e eu me arrisco muito com comida. Aguardem!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.