Setembro Sem Carne – Ano 5 – Dia 2

Tem dia que o mundo passa por cima dos seus planos como o A-Train faz com a Robin no primeiro episódio The Boys e te deixa coberto de sangue sem saber o que aconteceu. A primeira segunda-feira de um Setembro Sem Carne às vezes faz isso.

Não, não teve escorregada. Levei comidinha de casa para evitar tentações, mas passei a tarde toda enfiada no trabalho sem tempo para respirar, o que me fez terminar o dia desejando devorar um boi inteirinho. Sem condições de chegar em casa e preparar a lasanha vegetariana que eu planejei… Felizmente, a berinjela com alho e tahine da Esfiha Imigrantes evitou o massacre.

Essa quebra de plano me fez lembrar das escorregadas que eu tive nos últimos cinco anos e rir bastante. A favorita é que no primeiro ano, eu comi três coxinhas do Ragazzo e só lembrei que coxinha tem frango no dia seguinte.

Ano passado foi o primeiro ano que consegui fazer o mês todinho sem carne, sem escorregar e sem sofrer. Credito essa conquista ao fato de que a cada eu estou mais consciente da motivação do Setembro Sem Carne.

Porque parar de comer carne

Existem muitos motivos para não comer carne e todos são válidos. Abaixo eu listo alguns que podem te ajudar a se manter firme no seu Setembro Sem Carne.

  • Ambiental
    A criação de gado é uma das principais ações humanas que agravam a emissão de gases do efeito estufa, responsáveis pelo aquecimento global e as mudanças climáticas decorrentes dele.
  • Bem-estar animal
    • Algumas pessoas acham imoral matar um animal para se alimentar.
    • Mesmo quem não acha pode concordar que a forma como criamos e abatemos a maioria dos animais para consumo é desumana.
  • Saúde
    O consumo exagerado de carne vermelha está ligado diversas doenças cardíacas e alguns tipos de câncer.
  • Econômico
    Proteína vegetal é bem mais barata que animal.
  • Gosto
    Tem gente que simplesmente não se dá bem com carne, não gosta do gosto ou se sente mal na digestão, e acaba comendo por costume. Não precisa.

Leitura recomendada:

“A culpa pela mudança climática não é das vacas, é das pessoas”

Esfiha Imigrantes
Av. Dr. Ricardo Jafet, 3332 – Vila Gumercindo, São Paulo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.